FOLCLORE

Dia do Folclore homenageia a cultura popular brasileira


Folclore - Defenda nossa cultura

Os personagens do folclore brasileiros são inúmeros, influenciados diretamente pela miscigenação na origem do povo brasileiro.

Devemos levar em conta que as lendas do folclore, não significa uma mentira, nem tão pouco uma verdade absoluta, o que devemos considerar é que uma história para ser defendida, e a cultura do nosso povo, e a cultura brasileira.

Fato é, por ter sobrevivido na memória das pessoas por tanto tempo, ela deve ter no mínimo uma parcela de fatos verídicos.


Dia do Folclore homenageia a cultura popular brasileira
22 de agosto - Dia do Folclore

Em 1965, o então presidente da República, marechal Castelo Branco, por meio do decreto 56.747, oficializou o dia 22 de agosto como o Dia do Folclore, numa justa homenagem à cultura popular brasileira. A palavra folclore tem origem no inglês antigo, sendo que "folk" significa povo e "lore" quer dizer conhecimento, cultura.

O folclore brasileiro, portanto, é a cultura de nosso povo e não há nada mais nacional do que ele. Afinal, ele é precisamente o conjunto das tradições culturais dos conhecimentos, crenças, costumes, danças, canções e lendas dos brasileiros de norte a sul. Formada pela mistura de elementos indígenas, portugueses e africanos, a cultura popular brasileira é riquíssima.

Na área musical, por exemplo, são inúmeros e muito variados os ritmos e melodias desenvolvidos em nosso país. É o caso do frevo, do baião... Há ainda as danças típicas das festas populares, como o bumba-meu-boi, o forró, a congada, a quadrilha e - é claro - o próprio carnaval, um verdadeiro símbolo de nosso país.

Um dos aspectos mais interessantes do folclore brasileiro, porém, são os seres sobrenaturais que povoam as lendas da nossa cultura.


O principal folclorista
Luís da Câmara Cascudo

Luís da Câmara Cascudo, Nascido 1898, era diferente dos garotos de sua idade. Ele lia livros, ouvia histórias e contemplava paisagens. Esse hábito acabou lhe despertando para o que veio a ser a matéria-prima de seu trabalho, o povo brasileiro.

Seu plano era conhecer a fundo o que era realmente nosso, coisa que não estava registrada nos livros e não era ensinada nas escolas. Queria saber as histórias de todas as coisas do campo e da cidade; queria conviver com os humildes, os sábios, os analfabetos; queria conhecer os mistérios, as assombrações. Encontrava no folclore um pouco de sua família e de todos com quem convivia, os pescadores, as rendeiras, os cantadores.

Luís da Câmara Cascudo lançou o mais importante obra relacionada ao folclore brasileiro, O Dicionário do Folclore Brasileiro, um livro publicado originalmente em 1954, com sucessivas edições, desde então.

A importância de Câmara Cascudo para o folclore brasileiro

Câmara Cascudo foi o principal responsável por tornar conhecidas figuras fantásticas do folclore brasileiro. Saci-pererê, curupira, mula-sem-cabeça e outros personagens do nosso folclore. Conforme ouvimos as histórias, parece que esses seres ganham vida na nossa imaginação.

Sugestão de leitura:

Caso queira conhecer as histórias dessas fantásticas criaturas, você pode procurar as obras do folclorista Luís da Câmara Cascudo ou dois livros sensacionais de Monteiro Lobato: "Saci, o Moleque Sapeca " e "Cuca, a Bruxa do Capoeirão".

Saiba mais, acesse:
LENDAS BRASILEIRAS
MITOS BRASILEIROS
LUÍS DA CÂMARA CASCUDO

Fonte: Página 3 Pedagogia & Comunicação / Carolina Benjamin / OpenBrasil.org
Foto: Mauricio Melo / Campanha OpenBrasil.org


Folclore - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas